Slide background

Escritório Compartilhado

Compartilhar espaço com outros empresários pode ser a solução para reduzir custos e fazer networking.
Ter uma empresa hoje no Brasil implica em diversos custos. Muitas empresas não resistem e fecham com menos de dois anos de existência. Algumas preocupações para abrir uma empresa vão desde a captação de clientes até a estrutura física da sede. Então podemos dizer que um empresário deve dispor de um investimento inicial, que servirá para dar vida ao negócio. Dependendo da cidade aonde irá se situar, esse investimento se torna simplesmente inviável para uma empresa iniciante, e alguns até optam por trabalhar em casa mas com um grande desafio pois acabam encontrando problemas de desordem, espaço e distrações.
Mas, uma alternativa surge para tentar reduzir esta realidade. Prática comum nos Estados Unidos, e ganhando força também no Brasil, essa tendência do mundo empreendedor para empresas que querem reduzir custos chama-se Escritório Compartilhado, também chamado de Coworking.
O grande objetivo e diferencial do Coworking é que além de oferecer um espaço, traz um ambiente favorável ao relacionamento, troca de experiências e networking!
Nesse modelo de escritório o inquilino aluga o endereço comercial totalmente equipado, com telefone, internet, secretária e correio, a depender de sua necessidade, podendo alugar salas de reunião por horas, dias ou semanas. Tudo de acordo com sua demanda de trabalho.
Existem também pacotes que oferecem atendimento personalizado das secretárias, com um ramal exclusivo da empresa. Há a possibilidade também de trabalhar nesses ambientes, alugando estações de trabalho ou salas reservadas. Hoje estes escritórios compartilhados são utilizados como uma estratégia de negócio de uma startup, para dar visibilidade, ter estrutura e capturar contribuições de diferentes profissionais
O compartilhamento de espaço e estrutura pode reduzir em até 60% o custo mensal da locação de espaços privados e gastos com mobiliário.

Vantagens principais:

1. Redução de Custos. Não tem como comparar um custo gerado por uma empresa com os custos adaptado à sua necessidade de um escritório compartilhado.
2. Foco no Trabalho. Não há a preocupação com aluguel, IPTU, contas de luz, contas de água, material de escritório, entre outros, o que permite maior dedicação ao trabalho.
3. Flexibilidade. Você contrata pelo período que precisar e paga somente o que utiliza.
4. Networking. Você terá contato com profissionais de outras áreas e poderá agregar mais a sua rede de relacionamentos.

Essa é uma excelente opção para quem quer tirar do papel o tão sonhado projeto do próprio escritório e iniciar de vez com sua autonomia jurídica, inovando, e estruturando sua empresa com praticidade e inteligência.

Venha conferir!
x